3 Dicas Simples para Enfermeiros Combaterem a Ansiedade

ansiedade profissionais de enfermagem atualiza cursos

Ansiedade em enfermeiros é mais comum do que você pensa.

De acordo com Pesquisa feita pelo Coren-SP junto a 103 profissionais da enfermagem em Americana indica quadros de ansiedade e depressão.

Enfermeiros são pessoas, seres humanos que têm falhas e fraquezas como todos nós.

Só porque enfermeiros trabalham na área de saúde não significa que eles não têm ansiedade e, por vezes, até em um nível prejudicial à sua saúde.

Estar motivado para ser um bom enfermeiro pode ser difícil quando você tem ansiedade, mas há maneiras que irão ajudá-lo a ser uma profissional melhor, se você trabalhar diariamente em seus pontos fracos.

Confira três maneiras de combater sua ansiedade e melhore sua qualidade de vida.

1 Entenda suas fraquezas

Profissionais de enfermagem trabalham com muitas pessoas.

Eles compreendem a ansiedade e conhecem os medicamentos que a tratam.

No entanto, nestes casos, é necessário ir além.

É fundamental entender sua ansiedade, e como ela está afetando seu trabalho e sua vida pessoal.

Se você tem um pouco de ansiedade, isso é realmente bom e pode até ajudar a melhorar seu desempenho.

Na faculdade ou curso de enfermagem, com certeza você já se deparou com professores que “pegaram pesado” nas provas, com a esperança de que o estresse e a ansiedade provocasse em você uma vontade de se esforçar mais para passar na disciplina.

O problema é quando o nível da ansiedade é elevado demais e sua produtividade cai significativamente.

Se sua produtividade despenca em seu trabalho, você precisa começar a avaliar porque você tem ansiedade.

É um colega de trabalho que está te estressando? Sobrecarga de pacientes? É a enfermagem em geral? Problemas na vida pessoal?

Olhar profundamente a si mesmo, e descobrir o que está te estressando vai ajudá-lo a tomar medidas para controlar sua ansiedade.

Entre na nossa Lista e Receba Conteúdos Exclusivos

Assine nossa Newsletter grátis!

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

2 Concentre-se em você

Para ilustrar melhor este ponto, pense nas instruções para uma aterrissagem de emergência num avião.

Quando os airbags descem, você é instruído a primeiro colocar a máscara ao redor de sua própria boca e, em seguida, ajudar os outros se eles não puderem fazer isso.

Pessoas mais altruístas podem automaticamente pensar que seria melhor ajudar primeiro seu filho ou ente querido a receber o oxigênio, por medo de que, se não o fizer imediatamente, a pessoa sufoque.

O problema  é que se você não tiver oxigênio, e desmaiar antes de receber o oxigênio da outra pessoa, você vai acabar precisando de alguém que faça o processo certo para cuidar de você.

Profissionais de enfermagem doam-se aos seus pacientes, e é natural pensar que se você focar ao máximo em seu trabalho, sua ansiedade irá naturalmente desaparecer.

Isto pode ser verdadeiro até um certo ponto.

No entanto, se você puder primeiramente compreender de onde está vindo sua ansiedade, e então, a partir daí, ajudar a você mesmo a evitá-la, você será um profissional de enfermagem  melhor para todos seus pacientes.

Tirar um tempo para si mesmo é a chave.

O importante é buscar recarregar as energias e focar em você.

Estar saudável, dormir o suficiente, e dedicar um tempo a você com certeza pode  ajudar a melhorar sua ansiedade.

Contudo, você sabe que a rotina de trabalho do profissional de enfermagem é intensa.

Para quem trabalha em longos turnos, possivelmente noites e fins de semana,  pode ficar mais complicado ter uma alimentação saudável e  horas de sono adequado.

No entanto, vale muito a pena o esforço e investir em você.

Independentemente da sua situação atual de trabalho sempre há possibilidade de ter uma horinha vaga.

Aproveite cada minuto, cada dia de folga, para passar pelo menos um pouco de tempo cuidando de si mesmo.

Combater a ansiedade será um esforço inútil se você não estiver cuidando de você.

Durma o suficiente, coma de forma saudável, faça exercícios físicos e coisas que o ajudam a relaxar.

Reserve um tempo para fazer as coisas que te dão prazer.

Se você gosta de ler, assistir a filmes ou TV, ir à praia, sair com amigos, faça isso!

Com certeza você vai se sentir mais fortalecido.

Buscar o equilíbrio e ser capaz de relaxar e desfrutar de sua vida vai ajudá-lo a ter a energia que você precisa.

3 Não tenha medo de pedir ajuda

Sendo uma enfermeira, uma profissional que é treinada para ajudar os outros,  pode até parecer estranho buscar ajuda de outros profissionais de saúde.

Se a sua ansiedade está fazendo com que você tenha baixa produtividade, tornando sua vida difícil, e possivelmente prejudicando o sucesso de sua carreira, você deve isso a si mesmo.

Ter medo de pedir ajuda é comum, mas não deixe que o medo do que os outros pensam afete sua mentalidade e atrapalhe o seu progresso.

Tudo bem ter emoções negativas, afinal de contas você é um ser humano, apenas não deixe elas ferirem o seu progresso.

Lembre-se que a ansiedade só é boa quando está ajudando você a impulsionar seu desempenho.

Quando você perceber que a ansiedade está prejudicando seu progresso, é aí que você precisa dar um passo atrás, e reavaliar sua situação.

Pontos-chave.

1 – Entenda sua fraqueza.

2 – Concentre-se em você.

3 – Não tenha medo de procurar ajuda.

Você também pode gostar do artigo 7 Hábitos de Enfermeiros Altamente Bem Sucedidos.

Referências

RNmidset. https://www.rnmindset.com/blog/

Aproveite e conheça os cursos de Graduação, Pós-graduação e Extensão em Enfermagem da Faculdade Atualiza, saiba mais clicando aqui.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *